O que aconteceria com seu negócio se o Facebook deixasse de existir hoje?

Publicado por em 21 mar 18. Facebook, Internet, Negócios

 

Você também pode ver uma versão em vídeo deste artigo acessando o post [Vídeo] O que aconteceria com seu negócio se o Facebook deixasse de existir hoje?

 

Atualmente, o Facebook é a rede social mais famosa do mundo, tendo mais de 100 milhões de usuários apenas no Brasil, que representa que, quase metade da população possui um perfil nesta rede social. Do total de usuários, 80 milhões acessam a rede todos os dias. Além disso, as possibilidades de segmentação por Sexo, Faixa Etária, Interesses e etc, permitem conseguir falar com pessoas que tem maior probabilidade de se interessar por um produto.

Tudo isso faz do Facebook uma rede muito utilizada por empresas e empreendedores em suas estratégias de marketing. Depois temos o Instagram, que também é uma “empresa do Facebook”, que tem se mostrado muito promissora nas estratégias digitais e, mais recentemente, o WhatsApp (outra “empresa Facebook”) tem surgido como canal eficiente para relacionamento com cliente e vendas e o Messenger (“empresa do Facebook” de novo) que pode ser usado como um novo canal de captura de leads.

Inclusive nós, aqui na Mundodrigo, além de utilizar esses canais, temos serviços específicos para cada um deles, incluído programação de boots para o Messenger. Estas redes sociais são impossíveis de serem ignoradas.

Mas, com o escândalo recente envolvendo o modo como o Facebook trata os dados privados de seus usuários, como sua empresa sobreviveria se todas as “Redes do Facebook” deixassem de existir?

Em outras palavras, suas estratégias de marketing digital estão concentradas apenas nestas (ou mesmo em outras) redes sociais, ou você tem um local que seja seu na internet? Um local que seja seu, que você controle e que não dependa exclusivamente das regras e escolhas de outras empresas para que seus clientes te encontrem, isto é, seu próprio site.

Inclusive, a palavra site pode ser traduzida do inglês como LOCAL

É importante que você pense com seriedade nesse tipo de assunto, porque é importante tirar proveito das redes sociais, mas seu ambiente principal de relacionamento precisa ser realmente seu. Assim indiferente do que aconteça com as “outras empresas” seus clientes saberão com facilidade onde te encontrar.

Talvez você pensa que estamos exagerando em falar em fim de redes sociais famosas e bem estruturadas. Mas imagine que, se você lesse um texto como esse em 2008, falando do fim do Orkut, provavelmente pensasse a mesma coisa. Além disso, Brian Acton, cofundador do WhatsApp, em uma de suas raras declarações públicas, sugeriu que os usuários deletassem seus perfis no Facebook.

Pensar que as redes realmente podem deixar de existir no leva a questionar: se todo o seu negócio estiver apoiado em determinada rede social e ela deixar de existir, quantos clientes você vai perder de uma única vez?

As redes sociais, mesmo com uso “gratuito” (entre aspas porque existem várias formas de cobrança para sua utilização profissional), são como um espaço alugado na internet. Este espaço não é seu e, como um imóvel alugado, você pode perde-lo. Por isso é tão importante ter um site ou blog em que seus clientes saibam que podem te encontrar se isso vier a acontecer.

Algumas perguntas que você pode se fazer sobre suas estratégias:

  • Seus usuários não tem acesso fácil a outros canais de atendimento que não dependam de redes sociais?
  • Você ainda não tem um site ou blog, com atualizações frequentes, que os seus clientes entendem como “seu ponto” na internet?
  • Suas estratégias de venda dependem exclusivamente de alguma rede social?
  • Você põe todos os ovos na mesma cesta, isto é, seu negócio só existe em uma única rede social?

Se a resposta para qualquer uma destas perguntas for sim, é hora de repensar suas estratégias de marketing digital.

Para finalizar, não queremos dizer que você não deva utilizar-se das rede sociais, ao contrário, deve utilizá-las muito. Mas elas não podem ser seu único canal de relacionamento com seu cliente, muito menos utilizar apenas uma rede. É preciso saber utilizar as ferramentas e estratégias de modo que sua presença web seja completa e eficiente.

Desejamos a você resultados incríveis!

Compartilhe com os amigos
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

2 Comentários

  1. Olá! Me falaram no facebook do seu site. Eu curti as informações aqui. Vou favoritar e tweetar com certeza! aekkdeakekek

    Por Johnk507 em 4 de junho de 2018 às 05:56
  2. Εu acreditar tudo escreveu fⲟi muito razoável
    . Mas , іsto? se você foram para criar um assassino título do post?
    Eu não sugerindo ѕeu informação não bоm , no entanto suponha você adicionou um título ԁо post Isso faz as pess᧐as desejo mаis?
    É % BLOG_TITLE % meio baunilha . Você ⅾeve
    olhar no Yahoo frente página e relógio comо eles escrever notícias
    manchetes pɑra agarrar telespectadores
    clique . Você рode adicionar um vídeo ou um pic relacionado ⲟu
    ɗois para obter leitores interessados ѕobre o qսe já
    tem a dizer. Νa minha opiniãߋ,- seria trazer ѕеu posts um pouco mais animado
    .

    Por João Felipe em 12 de novembro de 2018 às 13:51

2 Trackbacks

  1. […] Você pode ver também uma versão em texto deste bate papo disponível clicando neste link […]

  2. Por O que fazer se o Facebook acabar? | Mundodrigo em 28 de março de 2018 às 12:43

    […] semana passada publicamos um vídeo e um artigo questionando o que aconteceria com seu negócio se o Facebook deixasse de existir. Neles fizemos […]

Comente

*
*