Pasta boot do Ubuntu cheia. E agora?

Publicado por em 31 dez 15. Linux

Há algumas semanas substituímos nosso sistema operacional principal pelo Ubuntu. Tem sido um tempo de transição, com momentos de muita alegria e outros de muita apreensão.

Entre esses momentos, nesta semana, nos deparamos com um erro de falta de espaço na pasta /boot, impedindo que atualizações de sistema fossem realizadas.

Após o susto inicial, logo encontramos a solução para o problema na internet e vamos compartilhar aqui o que fizemos.

Por que o erro acontece?

Ao realizar atualizações, o Ubuntu não consegue desistalar e remover o kernel já instalado no computador, assim versões antigas do kernel permanecem e acabam enchendo a pasta /boot.

Para resolver o problema, a solução é a mais óbvia: é necessário excluir o kernel antigo para liberar espaço! Calma, isso é mais simples do que pode parecer.

Como resolver?

Antes de mais nada, lembramos que você deve sempre manter uma cópia de backup atualizada de seus aquivos, que os passos que descrevemos aqui foram utilizados no Ubuntu 15.04 e que, claro, não nos responsabilizamos por eventuais danos no seu computador ao tentar reproduzir nossos passos. Agora vamos lá:

Primeiramente foi preciso localizar quais eram os kernels presentes no computador para sabermos quais excluir. Para isso abrimos uma janela do Terminal (CTRL + ALT + T) e digitamos o seguinte comando:

Isto nos retornou uma lista mais ou menos assim:

linux-image-3.19.0-32-generic deinstall

linux-image-3.19.0-33-generic install

linux-image-4.2.0-18-generic install

linux-image-extra-3.19.0-32-generic deinstall

linux-image-extra-3.19.0-33-generic install

linux-image-extra-4.2.0-18-generic install

linux-image-generic install

Nós apagamos as versões mais antigas, ou seja, com números mais baixos.

Importante: não apague o pacote “linux-image-generic”

Para apagar entramos com o comando:

Perceba que após – – purge bastou colocar os pacotes que desejávamos remover, no nosso caso escolhemos “linux-image-3.19.0-32-generic” e “linux-image-3.19.0-33-generic”

O Ubuntu nos informou quanto espaço seria liberado e perguntou se tínhamos certeza de que queríamos continuar. Bastou responder que sim e aguardar.

Depois voltamos a executar o comando:

Verificamos se os arquivos “linux-image-extra” foram apagados. Para apagar os remanescentes bastou utilizar “apt-get – -purge” como fizemos antes colocando o nome do pacote que permaneceu.

Finalizando

Por fim, a documentação diz que a atualização do grub é feita automaticamente ao realizar este procedimento, mas, para evitar surpresas desagradáveis, preferimos rodá-la manualmente com o comando:

Após isso, problema resolvido, atualizações funcionando e ficamos aguardando a próxima.

Compartilhe com os amigos
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

2 Comentários

  1. I’m so happy to read this. This is the kind of manual that needs
    to be given and not the random misinformation that
    is at the other blogs. Appreciate your sharing this best doc.

    Por lottelette.hatenablog.com em 7 de maio de 2017 às 04:31
  2. Thanks for finally writing about >Pasta boot do Ubuntu cheia.

    E agora? | Blog .Mundodrigo <Loved it!

    Por Dakota em 7 de maio de 2017 às 20:55

Comente

*
*